Férias para crianças: Na Pele de … um Biólogo Marinho!

Já pensou no que pode oferecer ao seu filho neste Carnaval? Que tal um disfarce de Biólogo Marinho, mais real que nunca?

Ofereça 4 dias de actividades pedagógicas ao ar livre “Na Pele de … um Biólogo Marinho” entre dias 5 e 8 de Março de 2011.

Preço: 70€ por pessoa

(Inclui: Material didáctico, guias e monitores de actividades, seguro de actividade)

Actividades incluídas: “Quem vive na água”, de forma a explorar os seres vivos marinhos e a forma como se relacionam entre si;

“ Avifauna Marinha” para descobrir que aves habitam no meio aquático e suas especificidades;

“Centro de Ciência Viva”;

“Pequenos Investigadores” permite aos participantes dar os primeiros passos num projecto de investigação, questionar o meio envolvente e sensibilizar para a protecção do ambiente;

“Oficina de Carnaval” porque a época é festiva, as máscaras têm de ser imaginativas e divertidas!

Bom ano de 2011

Com o inicio de um novo ano há sempre novas ideias e novos objectivos a cumprir.

O nosso objectivo porém, mantém-se semelhante: proporcionar actividades extra curriculares de qualidade e baseadas num sistema de aprendizagem multidisciplinar!

Queremos oferecer aos professores actividades de campo em que os alunos tenham a oportunidade de ver e tocar em “Quem vive na água”, que possam contribuir para um “Planeta Sustentável” ou até mesmo compreender que Tesouros existem na Serra do Caldeirão!

Sempre com o lema de Aprender NaturAlmente, desejamos um bom ano de 2011!!

Férias para crianças – uma prenda de Natal diferente!

A Natura Algarve lançou um novo pacote de actividades ao ar livre para crianças!

Este pacote de 3 dias de  actividades combina o divertimento, estimula o exercício físico, o espírito aventureiro ao mesmo tempo que aprende!

Imagine o seu filho na “Pele de um Explorador” da Serra Algarvia.

Inclui transporte para o local das actividades (a partir do ponto de encontro), alojamento, refeições e actividades.

Faixa etária: dos 8 aos 16 anos

Veja aqui»» a nossa proposta para umas férias inesquecíveis e ofereça uma experiência de sonho!

Cientistas de chinelos: experiências para fazer em casa!

Imprimir esporos de cogumelos

No Outono, após as primeiras chuva dos campos brotam fabulosos seres vivos, incluindo os cogumelos!

Mas atenção!

Esta actividade deve ser supervisionada por um adulto, deves lavar sempre as mãos depois de mexer nos cogumelos e NUNCA os ingerires! Em Portugal existe muitas espécies de cogumelos que são venenosas!!

Vais precisar de:

– uma tigela redonda

– cartolina de várias cores

– cogumelos (os esporos caem da parte inferior do chapéu do cogumelo)

–  spray fixante

Corta o pé do cogumelo e coloca o chapéu virado para baixo sobre um pedaço de cartolina. Cobre-o com a tigela para que os esporos não se espalhem. No dia seguinte levanta cuidadosamente o chapéu do cogumelo. Os esporos do cogumelo já terão caído para a cartolina e estarão impressos.Para evitar que a impressão se esborrate, borrifa-a com um pouco de spray fixante, por exemplo, laca para o cabelo. Quando a laca secar terás acabado a tua impressão.

O que aprendeste?

Os cogumelos pertencem ao reino dos Fungi. Para se reproduzirem soltam esporos minúsculos no ar e o vento transporta-os fazendo com que os cogumelos cresçam por todo o lado.

cogumelos na serra algarvia

Fim de Semana na Via Algarviana

visita a destilaria de medronho na serra do Caldeirão

Esta actividade de 2 dias tem como objectivo promover o pedestrianismo, o  exercício físico ao ar livre e dar a conhecer o interior algarvio, meio ambiente e tradições locais.

As actividades desenrolam-se no interior da Serra do Caldeirão e incluem caminhas de interpretação ambiental e cultural, orientação nocturna e diurna, visita a destilaria, contacto com os produtos regionais, workshops de fotografia, entre outras actividade ludicas e desportivas.

Veja mais detalhes sobre esta actividade aqui» ou mais detalhes sobre a Via Algarviana aqui»

Contacte-nos para mais detalhes sobre esta actividade pedagógica ao ar livre!

Sabia que…

Os golfinhos pertencem ao grande grupo dos cetáceos composto por cerca de 80 espécies conhecidas em todo o mundo?

observação de golfinhos e vida marinha - saidas de Olhão

Os cetáceos estão divididos em dois grupos, os misticetos ou baleias-de-barbas, possuindo um duplo espiráculo (orifício respiratório) e odontocetos ou baleias com dentes que possuem um espiráculo único.

Ao contrário do que muita gente pensa os golfinhos são mamíferos e não peixes pois possuem glândulas mamárias, não têm escamas, respiram o oxigénio aéreo e não o da água e apresentam uma barbatana caudal orientada horizontalmente, ao contrário dos peixes que a possuem com uma orientação vertical.

O modo de comunicação dos golfinhos é muito particular, sendo feita por ecolocalização que lhe permite saber informações sobre outros animais e o ambiente que o rodeia. Conseguem produzir sons de alta frequência ou ultra-sónicos na faixa de 150kHz, sob a forma de “clicks” ou estalidos, sendo um animal bastante sensível à poluição sonora.

No Algarve as espécies de cetáceos mais avistadas pertencem ao grupo dos odontocetos e são o golfinho comum (Delphinus delphis), o Golfinho roaz (Tursiops truncatus) e o Boto (Phocoena phocoena). Contudo existem outras espécies que também ocorrem no Algarve, embora com menos frequência, possíveis de observar como o Golfinho riscado (Stenella coerueoalba), o Grampo (Grampus griseus), a Baleia anã (Balaenoptera acutorostrata) e a Orca (Orcinus orca). A época de avistamento dalgumas destas espécies depende das rotas migratórias que cada uma da espécies efectua, se trata de uma população residente ou não e das condições atmosféricas e riqueza das águas ao nível de alimento.

A identificação de um cetáceo nem sempre é tarefa fácil, contudo tendo em atenção para alguns critérios de identificação como a forma e posição da barbatana dorsal e caudal, padrão de coloração do corpo, comportamento relativamente à embarcação e dimensão do grupo, a tarefa torna-se mais simples.

Se quiser saber mais sobre estas espécies,junte-se ao nosso passeio para Observação de Golfinhos e Vida Marinha!

 

Este fim de semana apetece-me…

Aprender mais sobre a Biodiversidade!

Porque não aproveitar o fim de semana e sair em família para um passeio ao ar livre, descobrindo a quantidade de ser vivos que existe?

Leve um guia de espécies , uma lupa, uns binóculos, um caderno de campo e uma máquina fotográfica! Incentive os filhos  (ou  os teus pais), a criar um caderno de campo!

Esta é uma forma de anotar o que se possa encontrar na Natureza, descrever os seres vivos e ou outras coisas interessantes que encontre nas saídas de campo e visitas de estudo.

Nele pode e fazer o registo das suas observações ou das características mais interessantes que a Natureza que proporciona através de notas, ilustrações, fotografias, e muito mais…

Divirta-se!!

 

Saida de campo no Parque Natural da Ria Formosa