Compostagem Doméstica

Os resíduos sólidos urbanos são compostos por cerca de 40% de matéria orgânica, que após a compostagem permite a produção de um adubo  natural de grande qualidade para o solo e plantas.

Ao serem colocadas num aterro, os resíduos em decomposição geram diversos gases com maus cheiros, entre os quais o metano, que contribui para o aquecimento global.

A compostagem doméstica é um processo caseiro em que se colocam numa pilha, ou compostor, diversos residuos orgânicos por camadas – secos e húmidos- resultando, pela acção de microorganismos, na formação de composto ao fim de 3 a 6 meses.

A compostagem doméstica sai mais barata do que o envio dos resíduos para centrais de compostagem industrial e evita problemas de contaminação nos aterros.

No Algarve algumas Autarquias disponibilizam compostores domésticos à população assim como o acompanhamento técnico. Fala com os teus pais e professores e experimenta a compostagem na tua moradia ou escola.

Estarás a contribuir para um ambiente melhor, saudável e para uma utilização mais sustentada dos recursos orgânicos!

fonte: Diário do Ambiente
%d bloggers like this: